GANHAR DINHEIRO NA INTERNET

vivemos correndo atrás dessa benção chamada dinheiro. Cursos e mais cursos são ministrados, ensinando como se guardar o dinheiro que ganhamos. Como investi-lo para ter ótimos rendimentos. Mas o grande cerne não está somente em como aplicar, isto é importante, pois quem não sabe utilizar a ferramenta chamada dinheiro, não pode multiplicá-lo. Entretanto, o mais importante é saber como ganhar dinheiro. Isto realmente é valioso, pois para aplicar existem muitos mestres a ensinar, mas como ganhar, a situação torna-se mais difícil. Falo de cadeira sobre isto. Sempre lutei com dificuldades para ganhar dinheiro,

 e, porque isto? Droga! Porque eu não apliquei as leis que regem o sucesso em minha vida, seja o sucesso financeiro ou em qualquer outra área precisamos conhecer e aplicar as leis que regem o sucesso. Isto nos leva a um caminho muito interessante, que é a pergunta:  Quais são as leis que nos levam, se aplicadas em nossas vidas, ao sucesso .Durante anos venho estudando os princípios ou leis que podem nos conduzir ao sucesso. Consegui encontra-las e aprendê-las, todavia, daí as aplicar, a coisa é diferente. Por exemplo  o tema do nosso post é como ganhar dinheiro na internet.  Todos os dias quando abro minhas caixas de e-mails estão lotadas de informações dos mais diversos experts se propondo a me ensinar a ganhar dinheiro na internet.  Realmente fico perdido, diante de tantas informações preciosas. Qual delas escolher? Tenho feito cursos do Gustavo Freitas, alguém que recomendo por ser um profissional da área de Marketin Digital, de grande competência, também do Vitor Palandi – curso de Copyiwrit . Duane Rogrigues, com seu curso Retrospectiva de Casamentos.  Tenho assistido os vídeos sensacionais de Luana Franco do  Blog Fiquei  Sem Crachá, do Alex  Vargas,

 

sobre Como Começar um negócio digital, sensacional! E outros cursos. Agora surge a pergunta: Quanto já ganhei com negócios na INTERNET?    Por enquanto não vou responder esta pergunta, pois o que desejo registrar é que é possível ganhar muito dinheiro desenvolvendo trabalhos na Internet. Mas seja nela ou na vida física, as leis do sucesso são aplicáveis. Assim quero falar sobre a primeira lei que abre as portas do sucesso.  Chama-se a LEI DO CONHECIMENTO.  Diz um ditado que conhecimento é poder. Se nos reportarmos a história Bíblica da confecção do homem por Deus, verificamos que o homem tinha conhecimento do que Deus lhe dissera. Não comerás do fruto, pois no dia que comeres, morrerás.” Notamos que o homem tinha um conhecimento incrível, tanto que deu nome a todos os animais. Mas Eva resolveu que somente o conhecimento adquirido não era o bastante, queria mais, queria ter conhecimento do bem e do mal. Mas ora, ela já não conhecia o bem e o mal? Sim, tanto que  explica à serpente que Deus lhes ordenara que podiam comer de todos os frutos, menos da árvore do conhecimento. Na realidade vejo que Eva queria ter poder, pois conhecimento gera poder. Mas porque Deus fez isto?  Isto foge a minha finita compreensão,  entretanto, o que ressalto é que o conhecimento foi a grande motivação para que Eva desobedecesse a ordem recebida. Ela queria mais poder do que o que já possuía. Portanto conhecimento é mais que importante para se ter sucesso seja na vida financeira seja em qualquer outro setor da vida. Na Internet não é diferente.  Se você quiser ter sucesso e ganhar dinheiro nela, terá de se esforçar,  aprender, estudar muito e trabalhar bastante. Tornar-se senhor dessa lei chamada CONHECIMENTO. Sempre brinco dizendo que se você quer ter moleza, que sente em um pudim, pois na Net não há moleza.  É trabalho, trabalho duro, e principalmente muito conhecimento. Sem este, ganhar dinheiro na Internet é utopia.

Og Oliveira e Souza – Advogado, Professor, Teólogo, microempresário.

CONTEÚDO DEVE SER AGRADÁVEL Á PLATEIA

Hoje me lembrei-me de atualizar meu Blog. Realmente tenho sido relapso em sua atualização, não porque não o queira atualizar, mas, porquanto muitas situações me afastaram da tela do computador.  Entretanto, hoje resolvi falar algo que tenho ouvido continuamente: “Conteúdo é muito importante.” Mas o que é conteúdo? Tudo o que vem dentro do continente. Grande! Dirá você. Brincadeiras à parte estamos tratando de conteúdo ou o que escrevemos para publicar nos diversos segmentos existentes na WEB.  Mas embora eu ame escrever, me vejo continuamente com um problema. Não é o de ideias para escrever, pois, graças a Deus, sou capaz de escrever até sobre um pingo d´água. Aliás, isto foi tema de uma redação há alguns anos atrás. Mas realmente, escrever para que possa ser lido é algo difícil. Conteúdo tem de ser claro, preciso e conciso. Tem que ser escrito de maneira  agradar a quem o lê. É aí que a “porca torce o rabo”. Como escrever para que alguém se agrade do que escrevo? A exemplo cito o Facebook. Constantemente posto textos sobre os mais variádos temas, especialmente aqueles que são mais polêmicos e momentosos. Mas que vejo?!  Poucas curtidas e um ou dois comentários.  Fico intrigado para saber o porquê disto. Mas, realmente, olhando os demais articulistas que fazem parte do meu face, chego á conclusão que poucos são os que gostam de ler. Aliás, isto me faz recordar um ditado chato que ouvi muito: “O brasileiro não gosta de ler”. Entretanto observo, que, alguns articulistas tem o privilégio de serem mais lidos. Qual seria o segredo? Observando o que escrevem, constato que são textos engraçados, leves e agradáveis, algo que me leva a seguinte conclusão: As pessoas gostam de ler mais o que é hilário do que o que é sério. Fofocas, então é um prato cheio para serem totalmente lidos! Mas, vejo também que, as pessoas preferem ver mais vídeos do que lerem textos longos, mesmo que sejam excelentes. Estamos em época de internet, e ninguém quer perder tempo lendo longos tratado sobre esse ou aquele tema. Assim, concluo que conteúdos de textos devem ser bons, mas se forem curtos, melhor ainda. Ninguém quer perder mais do que dois segundos para ler alguma coisa. Desta maneira, há de se trabalhar com afinco no sentido de produzir-se conteúdo que seja curto ou sintético, claro na sua transmissão de idéias e conciso na forma de escrever, buscando-se, sem sombra de dúvidas, tornar o texto engraçado, pois é o que agrada mais a “plateia”. 

OG OLIVEIRA E SOUZA – Advogado, empresário, teólogo.